Atitudes que geram frutos



Rotineiramente somos impulsionados por Deus a tomar atitudes. Atitudes essas que trazem consequências, sejam elas boas ou ruins.

Existe um exemplo bem claro na física citado por um renomado cientista que diz: “Toda ação gera uma reação”, mas isso já havia sido esclarecido muito antes através da Bíblia, tendo como base aquilo que o Apóstolo Paulo, que sendo inspirado pelo Espírito Santo disse em uma de suas cartas escrita aos irmãos em Gálatas no Capitulo seis versículo sete: “Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.”

Todo plantio gera uma colheita, logo, toda ação gera uma reação. Se pensássemos partindo do princípio de que tudo o que fazemos trás uma consequência, seria claro pensar que faríamos tudo o que estivesse ao nosso alcance para que nossas colheitas fossem boas, porém não é isso que quase sempre acontece.

Na Bíblia diz em Romanos 7. 18-19:

 “Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e com efeito o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem. Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço.” 

Logo, é por isso que somos convidados por Deus a tomarmos decisões. É importante lembrar que Deus não dará o primeiro passo por nós, Ele nos apresenta a melhor escolha a ser tomada, mas de forma alguma nos obrigará a caminhar, Ele bem sabe os pensamentos que têm ao nosso respeito, pensamentos de paz, e não de mal, para nós o fim que esperamos. (Jeremias 29:11).



Embora Deus não dê o primeiro passo por nós, Ele nos provê a força necessária para que possamos dar, e logo depois que a tomada de atitude é feita Ele continua dando a Graça para continuarmos caminhando.
Seguir a Cristo é uma escolha diária, em Lucas 9.23 diz:

 “E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me.” 

Repare que está escrito: “(...) e tome cada dia a sua cruz e siga-me”, é uma escolha diária, não é porque ontem eu caminhei com Cristo que hoje eu já não tenha que caminhar novamente, não é porque ontem eu perdoei meu próximo que hoje eu já não tenha que perdoar. É por isso que todos os dias somos impulsionados por Deus a largar o nosso assento, que fica no comodismo, para que possamos caminhar lado a lado com Ele e sermos inconformados com o sistema deste mundo. É preciso que haja em nós uma metanóia, uma mudança essencial de pensamento ou de caráter e isso se dá quando temos a Mente de Cristo ( 1 Coríntios 2:15) que resulta numa verdadeira mudança de atitude.

2 comentários

  1. Decisões tomadas em direções erradas e fora do centro da vontade de Deus só leva ao caminho de morte, é aquela porta larga que Jesus diz, no início ta tudo bem mas o preço é a vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, a porta larga parece ser aparentemente a melhor, porém o final dela resulta em morte eterna.

      Excluir

My Instagram