Aprendendo a ser um cristão como foi Simeão



Lucas 2
25 Havia em Jerusalém um homem chamado Simeão; homem este justo e piedoso que esperava a consolação de Israel; e o Espírito Santo estava sobre ele.
26 Revelara-lhe o Espírito Santo que não passaria pela morte antes de ver o Cristo do Senhor.
27 Movido pelo Espírito, foi ao templo; e, quando os pais trouxeram o menino Jesus para fazerem com ele o que a Lei ordenava,
28 Simeão o tomou nos braços e louvou a Deus, dizendo:
29 Agora, Senhor, podes despedir em paz o teu servo, segundo a tua palavra;
30 porque os meus olhos já viram a tua salvação,
31 a qual preparaste diante de todos os povos:
32 luz para revelação aos gentios, e para glória do teu povo de Israel.

 
Hoje vamos falar sobre um ancião que não descansou enquanto não viu o cumprimento da Promessa. Simeão não foi um simples ancião, ele foi um homem que teve uma vida justa e piedosa diante de Deus  num tempo em que a maioria dos israelitas já tinham perdido a esperança da vinda do Messias, ainda assim  ele manteve sua fé e esperança em Deus, pois mantinha uma comunhão tão profunda com Ele a ponto do Espírito Santo lhe garantir que não morreria enquanto não visse Jesus Cristo (V. 26)

Olhando o modelo do cristão Simeão vemos claramente que para alcançarmos uma Promessa tão linda quanto a que ele recebeu devemos estar num constante Relacionamento com Deus, mas quantos de nós dedicamos a maior parte do nosso tempo a Ele? Para ser sincera, não dedico o tempo que queria e deveria dedicar a Ele, por vezes vou-me dormir sem nem ao menor dizer e declarar a Ele em alto e bom som com o meu coração o quanto O amo e o quanto Ele é essencial em minha vida, e as vezes apenas por saber que Ele me sonda e me conhece, por vezes parece que eu não devo declarar meu amor por Ele, mas embora o Espírito Santo saiba, ainda assim prefere ouvir de mim a importância que Ele tem pra mim.

Quantos de nós já não dedicamos nosso tempo apenas por estarmos fisicamente cansados, mas nos esquecemos que intimidade e Relacionamento com Deus não se baseia em apenas inúmeras horas de joelhos dobrados, mas se baseia no quanto de nossas horas estamos em uma constante conversa com Ele, onde nosso espírito está intimamente ligado e conectado a Ele, é o quanto deixamos nossas vontades de lado para obedecermos o que Ele quer de nós.

Se quisermos ter uma vida justa e piedosa diante de Deus assim como fez Simeão, precisamos  honrá-Lo com nossas vidas, é quando o Padrão de Cristo está muito mais acima do que o padrão do mundo, é quando decidimos ouvir a Cristo e abaixar o volume das nossas próprias vontades, é quando o medo diz que acabou e quando a insegurança diz que não dá mais, mas a Fé em Deus continua lá, firme e constante, é a certeza de que no momento pode até estar difícil, mas que tudo sempre se ajeita, é simplesmente colocar todas as nossas ansiedades e preocupações no Deus que criou o mundo e coordena o Universo, mas que ainda assim nos põe em Seu Colo e nos dá o aconchego que precisamos.

Simeão foi um homem integro na sua geração porque deixou que Deus guiasse suas escolhas e decisões, pois Simeão jamais veria o Messias se não tivesse reconhecido a Voz do Espírito Santo quando disse para que fosse ao Templo (V. 27), ou seja, apenas viveremos o que Deus nos prometeu se soubermos reconhecer a Voz do Espírito Santo quando Ele fala conosco;

 Mantenhamos um Relacionamento com Deus, pois quem mantém um Relacionamento com Ele sabe que qualquer perda que possamos ter aqui será recompensado com uma Eternidade bem juntinha ao Lado dEle. Sejamos como Simeão que foi exemplo para sua geração, pois estava inteiramente conectado com o Espírito Santo.

0 comentários:

Postar um comentário

My Instagram