Deus nos conhece



Sabe o que durante muito tempo me deixou curiosa? É que eu não entendia como Deus pode nos amar mesmo sabendo quão falhos somos, e mesmo sabendo que às vezes gritaríamos aos quatro cantos o quanto O amamos mesmo que nossas atitudes não mostrassem esse amor.

E o que dizer de uma Pessoa que morreu de amor por nós, e esse amor é tão imenso que nem a morte conseguiu vencê-Lo, pois ao terceiro dia ressuscitou.

Ainda bem que Ele não é movido, assim como as pessoas, pelo que acha de nós, mas pelo o que de fato sabe. Ele já sabia que cairíamos, que nos frustraríamos e que colocaríamos até a culpa nEle. Ele já sabia que por vezes nos machucaríamos e diríamos que Ele não nos ama, mesmo sabendo quão amado somos por Ele.

 Jesus sabia que Sua Noiva seria falha, mas que por amá-Lo com todas as forças de nosso pequeníssimo ser largaríamos mão e deixaríamos tudo o que nos afasta dEle, mesmo que essa escolha seja diária, dia após dia.

 Jesus sabia que por mais que O buscássemos nós nos depararíamos com a inconstância e com a vontade de desistir algumas vezes, mas sabendo disso enviou uma Pessoa que não poderíamos viver sem. Um Amigo em tempos calmos e turbulentos, um Guia que seria nosso Ponto de Partida, de corrida e de Chegada, Alguém que seria o nosso Norte, o Doce Amigo Espírito Santo.

Ele sabia que sozinhos não conseguiríamos, sabia que mesmo que tentássemos ajudar os outros a se reerguerem, ainda assim não teríamos forças para levantarmos do lugar.

Ainda bem que nenhum de nós surpreendemos a Deus, pois antes de falhar Ele já sabia que falharíamos, mas ainda assim decide ficar. Decide nos amar quando nem ao menos nós, por ora, sejamos capazes de nos amar. Ele sabia que sem Ele nós fracassaríamos, mas que com Ele as dores dessa vida podem até nos fazer chorar, mas que Ele estaria conosco enxugando nossas lágrimas e nos fazendo entender que nossos erros e defeitos não são motivos para Ele deixar de nos amar, mas que com Sua Graça Ele nos faria recomeçar, e recomeçar melhor.

Deus sabia que falharíamos, mas que ainda assim O amaríamos. O amamos porque Ele é tudo o que necessitamos, e que sem Ele jamais seriamos quem realmente nascemos pra ser com Ele. E por mais falhos e pequenos que sejamos Ele ainda nos chama de filhos, e mesmo sendo falhos e pequenos, ainda assim ousamos com carinho chamá-Lo de Pai ♥

E finalmente entendi: Com o Amor não se discute, pois não é o que fazemos que faz Ele nos amar mais. E que: “Nós o amamos a ele porque ele nos amou primeiro. - 1 João 4:19 nvi)

“Deus não nos ama porque somos amáveis, mas porque Ele é  Amor.”

0 comentários:

Postar um comentário

My Instagram