O perigo do ressentimento


E veio a palavra do SENHOR a Jonas, filho de Amitai, dizendo:
Levanta-te, vai à grande cidade de Nínive, e clama contra ela, porque a sua malícia subiu até à minha presença.
Porém, Jonas se levantou para fugir da presença do Senhor para Társis. E descendo a Jope, achou um navio que ia para Társis; pagou, pois, a sua passagem, e desceu para dentro dele, para ir com eles para Társis, para longe da presença do Senhor.
Mas o Senhor mandou ao mar um grande vento, e fez-se no mar uma forte tempestade, e o navio estava a ponto de quebrar-se.
Então temeram os marinheiros, e clamavam cada um ao seu deus, e lançaram ao mar as cargas, que estavam no navio, para o aliviarem do seu peso; Jonas, porém, desceu ao porão do navio, e, tendo-se deitado, dormia um profundo sono.
Jonas 1:1-5


A história do profeta Jonas é bem conhecida, e nessa passagem uma das coisas que mais me chamou a atenção é que Jonas sabia quem Deus era, mas quando Deus o chama para pregar contra Nínive, pois a maldade dessa cidade já havia chegado até Deus, e uma das causas que fez Jonas correr, fugir da Presença de Deus, é que os ninivitas eram maus, eram conhecidos pela sua brutalidade, atrocidade e crueldade, se orgulhavam dos montes de cabeças humanas que traziam de violentas pilhagens de outras cidades, e Israel já havia sido um de seus alvos, fazendo com que Jonas sentisse ressentimento pelos ninivitas, e a falta de perdão estava cegando-o.

Além de achar que estava fugindo da Presença do Senhor, tendo pagado sua passagem foi se deitar e dormiu profundamente, tenho pra mim que foi um daqueles sonos em que dormimos sem a menor preocupação, mas é a questão é que o profeta tinha sim do que se preocupar. Tinha uma nação para proclamar a Justiça divina, e ainda tinha uma nação que seria salva por Deus através de uma única pregação, e ainda tinha um reavivamente para ver com seus próprios olhos.  



Mas a falta de perdão e ressentimento estava deixando-o sem visão espiritual. E quantos de nós também não se parecemos como o profeta? Deus nos manda falar dEle para alguém, e logo pegamos outro caminho para que se possível, nem passar perto da pessoa, mas Deus quer nos ensinar.


Quer nos ensinar a pregar o amor, mas principalmente a viver o amor. Quer nos ensinar sobre perdão, pois todos os dias somos perdoados por Deus a todo instante.



Deus quer nos ensinar de que se não estivermos sensíveis a Voz dEle, também corremos o risco de ouvir um direcionamento dEle e correr pra longe, e o perigo de corrermos para longe de Deus é que colocamos pessoas que não tem nada a vê correrem riscos, riscos esses que são culpa nossa, pois enquanto Jonas dormia profundamente, os marinheiros jogavam suas cargas ao mar na tentativa de deixar o navio mais leve, mas quando jogam sortes entre si, a sorte cai em Jonas, ou seja, não adianta tentarmos correr dos propósitos de Deus, pois se O conhecemos, se O ouvimos, sabemos que se nos posicionamos para viver o que Ele quer, então viveremos o que Ele quiser.


O que quero dizer com isso é: Se Deus está nos mandando cumprir algo, é melhor que façamos, pois “Obedecer é melhor do que sacrificar.” (1 Samuel 15:22), e que Deus trata sim dos ressentimentos, mas precisamos permitir que Ele assim o faça, pois Ele não vai arrombar a porta do nosso coração para fazer isso, Ele é singelo e educado demais para assim fazê-lo, e Ele sabe que se Ele não cuidar dessas feridas internas, corremos o risco de termos mais dó, mais pena de uma árvore de aboboreira que nasce e pouco tempo depois morre do que ter misericórdia de uma cidade inteira (Jonas 4: 10-11).

Na vida existem dois tipos de pessoas: As que precisam ouvir o que Deus quer falar, e as que se posicionam para transmitir o que Deus quer dizer.

Nós, como Igreja e Noiva de Cristo, precisamos dizer o que Deus tem a dizer, mesmo que não seja aquilo que queremos, mas pela Graça e Misericórdia, assim como Ele ensinou o Profeta Jonas o valor do perdão, Ele também nos ensina.

Mas precisamos agir como filhos obedientes que recebem a instrução do Pai, pois como Bom Pai, Ele sempre sebe o que faz.

0 comentários:

Postar um comentário

My Instagram